NML 52 - Qual o tamanho da nossa colonização?

34:00
 
Compartilhar
 

Manage episode 286861628 series 2596275
Por Nadando na Modernidade Líquida, Karine Aragão, and Leonardo Chermont de Sá descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Quando olhamos para o Brasil contemporâneo, é possível perceber que a gente ainda carrega muitas marcas de colonização, como a nossa própria arquitetura. A escritora portuguesa Grada Kilomba, uma das principais vozes dos estudos decoloniais, faz observações bastante pertinentes quando diz que o Brasil é um dos únicos lugares onde se naturalizam, até hoje, construções arquitetônicas coloniais, com casas que têm as chamadas "porta da frente" e "porta dos fundos", em que os sujeitos que ocupam essas portas têm lugar bem demarcado e separado na sociedade. Além de resquícios coloniais na arquitetura, ainda passamos um processo de colonização cultural e linguística, que envolve as nossas práticas sociais e discursivas. O assunto de hoje é vasto, mas nós buscamos os pontos principais para vocês! Vambora mergulhar nessa Modernidade Líquida e decolonial! Estamos ancorados nas seguintes plataformas: Spotify, iTunes, YouTube, Deezer, Castbox ou no seu agregador de Podcast preferido. Mergulhamos em: - Memórias da plantação (Grada Kilomba). - Por um feminismo afro-latino-americano (Lélia Gonzalez). - Pensamento feminista hoje: perspectivas decoloniais (Heloísa Buarque de Hollanda). - Racismo, sexismo e desigualdade no Brasil (Sueli Carneiro). - Contrapontos da literatura indígena contemporânea (Graça Graúna). Ensayos en torno a la colonialidad del poder (Aníbal Quijano). - Amigos, amigos, amigos.

101 episódios