Artwork

Conteúdo fornecido por Jorge Correia. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Jorge Correia ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.
Player FM - Aplicativo de podcast
Fique off-line com o app Player FM !

Como comunicam os políticos? Domingas Carvalhosa

50:52
 
Compartilhar
 

Manage episode 383877558 series 3444813
Conteúdo fornecido por Jorge Correia. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Jorge Correia ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.
Há uma coisa crítica para qualquer comunicação. Boa comunicação: o tempo. O tempo certo. Claro que o modo importa. Claro que a audiência é vital. E naturalmente a mensagem é crítica. Mas sem um bom timing, tudo pode ser perfeito e falhar redondamente. E, por que estou eu a falar do tempo certo para comunicar? Porque a última semana demonstrou como na comunicação, tal como na política, o tempo é quase tudo. As surpresas fazem parte da vida. Deve ser a isso a que se refere um conceito chamado VUCA. Traduzindo a sigla é sobre um mundo cada vez mais Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo. Mas não foi sempre assim? Parece que sim. Mas agora ficou na moda dizer que ninguém controla nada de nada. E isso para quem julga que manda ou contra a marcha do mundo, deve ser profundamente angustiante. Este programa era para ser sobre comunicação, reputação e posicionamento das organizações. Saber o que fazem as empresas e como trabalham as agências de comunicação e relações-públicas que as apoiam. Uma conversa com Domingas Carvalhosa, da empresa de comunicação Wisdom e nova presidente da APECOM, a associação do sector. Tudo a pretexto de um estudo que faz um ranking das empresas, comunicadores e jornalistas com mais popularidade no país. Escusado será dizer que os comunicadores ficaram continentes e vaidosos e os jornalistas irritados por serem vistos como amigos e próximos. Portanto, o pretexto era simples: falar de comunicação. E o mundo deu uma pirueta. O Primeiro-Ministro demitiu-se. O Presidente anunciou a dissolução do parlamento. E há eleições em março. O que significa o tiro de partida de uma longa campanha eleitoral de mais de 4 meses em pleno espaço mediático. É por isso o tempo em que a política e a comunicação se encontram. As ideias, os palcos e as 'personas' apresentam-se perante os olhos dos públicos eleitores. Esta conversa foi gravada depois da demissão e antes do anúncio da dissolução. Esta cronologia é importante porque nestas alturas tudo se acelera ainda mais e fica mais imprevisível. ÍNDICE DE TEMAS & TEMPOS: (00:02:51) O posicionamento estratégico do primeiro-ministro. (00:04:51) A emoção na comunicação do primeiro-ministro (00:06:51) O descontrolo na comunicação do primeiro-ministro (00:09:51) A estratégia de esclarecimento de António Costa. (00:10:51) A narrativa do vazio (00:13:51) A comunicação do presidente da república (00:14:51) Marcelo Rebelo de Sousa como uma pessoa das pessoas (00:17:51) O teatro público de Marcelo Rebelo de Sousa (00:20:51) A estratégia política do presidente Marcelo Rebelo de Sousa (00:22:51) A estratégia de comunicação de Luís Montenegro nas eleições (00:25:51) A mensagem do candidato (00:26:51) As soluções para os problemas (00:28:51) A comunicação política e a reputação (00:33:51) A importância da reputação (00:35:51) A gestão da reputação (00:37:51) O trabalho da reputação nas organizações (00:38:51) A importância do propósito nas empresas (00:39:51) A obrigação das empresas em cumprir normas não financeiras (00:42:51) A falta de regulamentação do lobbying em Portugal (00:46:51) A necessidade de legislação para garantir transparência (00:47:51) O aumento da transparência como forma de combater a corrupção LER A TRANSCRIÇÃO DO EPISÓDIO JORGE CORREIA (00:00:00) - Viva. Domingas Carvalhosa, comunicadora, gera neste momento uma agência de comunicação. Podemos defini la assim A Wisdom é também presidente da APC, que onde se juntam todas as organizações e agências que trabalham esta coisa da comunicação. Quando nós falamos há uns dias, a ideia desta conversa era que ela fosse precisamente sobre isto, sobre a comunicação, sobre sobre as agências, sobre o setor. E falámos sobre isto. E eis que senão o destino nos trocou as voltas por uma questão e de que maneira? Não é que por uma questão de porque os factos estão a andar muito depressa.
  continue reading

167 episódios

Artwork
iconCompartilhar
 
Manage episode 383877558 series 3444813
Conteúdo fornecido por Jorge Correia. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Jorge Correia ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.
Há uma coisa crítica para qualquer comunicação. Boa comunicação: o tempo. O tempo certo. Claro que o modo importa. Claro que a audiência é vital. E naturalmente a mensagem é crítica. Mas sem um bom timing, tudo pode ser perfeito e falhar redondamente. E, por que estou eu a falar do tempo certo para comunicar? Porque a última semana demonstrou como na comunicação, tal como na política, o tempo é quase tudo. As surpresas fazem parte da vida. Deve ser a isso a que se refere um conceito chamado VUCA. Traduzindo a sigla é sobre um mundo cada vez mais Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo. Mas não foi sempre assim? Parece que sim. Mas agora ficou na moda dizer que ninguém controla nada de nada. E isso para quem julga que manda ou contra a marcha do mundo, deve ser profundamente angustiante. Este programa era para ser sobre comunicação, reputação e posicionamento das organizações. Saber o que fazem as empresas e como trabalham as agências de comunicação e relações-públicas que as apoiam. Uma conversa com Domingas Carvalhosa, da empresa de comunicação Wisdom e nova presidente da APECOM, a associação do sector. Tudo a pretexto de um estudo que faz um ranking das empresas, comunicadores e jornalistas com mais popularidade no país. Escusado será dizer que os comunicadores ficaram continentes e vaidosos e os jornalistas irritados por serem vistos como amigos e próximos. Portanto, o pretexto era simples: falar de comunicação. E o mundo deu uma pirueta. O Primeiro-Ministro demitiu-se. O Presidente anunciou a dissolução do parlamento. E há eleições em março. O que significa o tiro de partida de uma longa campanha eleitoral de mais de 4 meses em pleno espaço mediático. É por isso o tempo em que a política e a comunicação se encontram. As ideias, os palcos e as 'personas' apresentam-se perante os olhos dos públicos eleitores. Esta conversa foi gravada depois da demissão e antes do anúncio da dissolução. Esta cronologia é importante porque nestas alturas tudo se acelera ainda mais e fica mais imprevisível. ÍNDICE DE TEMAS & TEMPOS: (00:02:51) O posicionamento estratégico do primeiro-ministro. (00:04:51) A emoção na comunicação do primeiro-ministro (00:06:51) O descontrolo na comunicação do primeiro-ministro (00:09:51) A estratégia de esclarecimento de António Costa. (00:10:51) A narrativa do vazio (00:13:51) A comunicação do presidente da república (00:14:51) Marcelo Rebelo de Sousa como uma pessoa das pessoas (00:17:51) O teatro público de Marcelo Rebelo de Sousa (00:20:51) A estratégia política do presidente Marcelo Rebelo de Sousa (00:22:51) A estratégia de comunicação de Luís Montenegro nas eleições (00:25:51) A mensagem do candidato (00:26:51) As soluções para os problemas (00:28:51) A comunicação política e a reputação (00:33:51) A importância da reputação (00:35:51) A gestão da reputação (00:37:51) O trabalho da reputação nas organizações (00:38:51) A importância do propósito nas empresas (00:39:51) A obrigação das empresas em cumprir normas não financeiras (00:42:51) A falta de regulamentação do lobbying em Portugal (00:46:51) A necessidade de legislação para garantir transparência (00:47:51) O aumento da transparência como forma de combater a corrupção LER A TRANSCRIÇÃO DO EPISÓDIO JORGE CORREIA (00:00:00) - Viva. Domingas Carvalhosa, comunicadora, gera neste momento uma agência de comunicação. Podemos defini la assim A Wisdom é também presidente da APC, que onde se juntam todas as organizações e agências que trabalham esta coisa da comunicação. Quando nós falamos há uns dias, a ideia desta conversa era que ela fosse precisamente sobre isto, sobre a comunicação, sobre sobre as agências, sobre o setor. E falámos sobre isto. E eis que senão o destino nos trocou as voltas por uma questão e de que maneira? Não é que por uma questão de porque os factos estão a andar muito depressa.
  continue reading

167 episódios

Todos os episódios

×
 
Loading …

Bem vindo ao Player FM!

O Player FM procura na web por podcasts de alta qualidade para você curtir agora mesmo. É o melhor app de podcast e funciona no Android, iPhone e web. Inscreva-se para sincronizar as assinaturas entre os dispositivos.

 

Guia rápido de referências