O Medo da Crítica

2:42
 
Compartilhar
 

Manage episode 307277110 series 3001786
Por Ricardo Sousa descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Corria o ano de 1910, mais precisamente no dia 23 de Abril, quando Theodore Roosevelt, presidente dos EUA entre 1901 e 1909, fez um discurso em Paris perante mais de 2.000 pessoas com o título “Citizenship In a Republic”, conhecido também por “O Homem na Arena”.

De entre várias mensagens nesse discurso, houve uma passagem que marcou a postura de Roosevelt face aos críticos. Numa tradução livre da minha autoria, a mensagem diz o seguinte:
“O mais importante não é quem critica, quem aponta onde o homem forte fraqueja, ou onde os que realmente fizeram algo falharam ou poderiam ter feito melhor.

Todo o mérito deve ser dado a quem se encontra na arena, com a face manchada de pó, suor e sangue, que bravamente se esforça, que erra, que se depara com obstáculos atrás de obstáculos, pois não há esforço sem erros e fracassos. Todo o mérito deve ser dado a quem se esforça para levar a cabo as suas acções com entusiasmo e devoção, a quem se entrega a uma nobre causa. Alguém que, no melhor dos casos, encontra no final o triunfo de uma realização grandiosa; alguém que, no pior dos casos, ao falhar, falha ousando também de forma grandiosa, de forma a que o seu lugar nunca seja junto daqueles cujas almas frias e tímidas nunca conhecerão a vitória… ou a derrota."
O medo é um tema que me entusiasma fortemente. Tenho lido e estudado o assunto pois esse é um dos sentimentos que mais me marca. O medo de falhar, o medo do julgamento, o medo da vergonha, o medo da crítica.

Eu não deixei nunca de ter medo. Mas gradualmente vou tentando viver com ele ao meu lado, esforçando-me para que ele não me paralise. Como Rooselvelt disse, a única coisa que devemos temer é o próprio medo.

Ou nas palavras de Seneca, não há razão para viver nem limites para a nossa própria miséria se deixarmos o medo predominar.

O que eu vou aprendendo é que eu nunca deixarei de ter medo. Uma pandemia ou uma crise económica podem ser graves e causar imensos estragos, miséria e morte. Mas o pânico e o medo apenas têm o dom de tornar uma situação difícil ainda pior.
Lançar este podcast foi um dos maiores desafios da minha vida, pois o medo do julgamento, o medo de cair no ridículo, o medo de falhar, estão presentes constantemente. E mesmo assim segui em frente. Não deixei que esse medo me paralisasse. E essa foi a minha grande vitória.

Sejam corajosos. Não deixem os críticos aumentar os vossos receios. Lembrem-se do que Roosevelt disse – alguém que tenta vencer assegurará que o seu lugar não seja junto daqueles cujas almas frias e tímidas nunca conhecerão a vitória… ou mesmo a derrota.
#mementomori
#carpediem
Music from Uppbeat (free for Creators!):
https://uppbeat.io/t/all-good-folks/fly
License code: G307SISYJCZTVU7P

11 episódios