Artwork

Conteúdo fornecido por Razão Inadequada. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Razão Inadequada ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.
Player FM - Aplicativo de podcast
Fique off-line com o app Player FM !

#217 em busca do tempo roubado

1:22:02
 
Compartilhar
 

Manage episode 367477304 series 2406820
Conteúdo fornecido por Razão Inadequada. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Razão Inadequada ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.

A pressa é amiga do capital. A sensação de falta de tempo é recorrente, a ponto de ser um sintoma psicossocial: reclamamos o tempo todo do nada de tempo que sobra. Mas se a condição de estarmos vivos é a de estar no tempo, como pode ser que ele nos falte? Na verdade, o tempo falta porque nos é roubado no modo capitalista de produção: na forma de mais-valia, pelo patrão; na forma de reprodução, pelo patriarcado; na forma do consumo, pelos publicitários. A inscrição dos traços capitalistas na formação da nossa subjetividade alterou a maneira como percebemos o tempo, mas ainda assim parece existir um outro tempo, mais vivo, passando por baixo do concreto das cidades. No podcast desta sexta, o último do semestre, conversamos sobre a pressa que se impõe a todos nós e partimos "em busca do tempo roubado".

Participantes

Links

Ficha Técnica

Capa: Felipe Franco
Edição: Pedro Janczur
Mailing: Adriana Vasconcellos
Ass. Produção: Bru Almeida
Cortes: Marcelo Stehlick
Texto: Rafael Lauro e Rafael Trindade
Gosta do nosso programa?
Contribua para que ele continue existindo, seja um assinante!

Support the Show.

  continue reading

259 episódios

Artwork

#217 em busca do tempo roubado

Imposturas Filosóficas

256 subscribers

published

iconCompartilhar
 
Manage episode 367477304 series 2406820
Conteúdo fornecido por Razão Inadequada. Todo o conteúdo do podcast, incluindo episódios, gráficos e descrições de podcast, é carregado e fornecido diretamente por Razão Inadequada ou por seu parceiro de plataforma de podcast. Se você acredita que alguém está usando seu trabalho protegido por direitos autorais sem sua permissão, siga o processo descrito aqui https://pt.player.fm/legal.

A pressa é amiga do capital. A sensação de falta de tempo é recorrente, a ponto de ser um sintoma psicossocial: reclamamos o tempo todo do nada de tempo que sobra. Mas se a condição de estarmos vivos é a de estar no tempo, como pode ser que ele nos falte? Na verdade, o tempo falta porque nos é roubado no modo capitalista de produção: na forma de mais-valia, pelo patrão; na forma de reprodução, pelo patriarcado; na forma do consumo, pelos publicitários. A inscrição dos traços capitalistas na formação da nossa subjetividade alterou a maneira como percebemos o tempo, mas ainda assim parece existir um outro tempo, mais vivo, passando por baixo do concreto das cidades. No podcast desta sexta, o último do semestre, conversamos sobre a pressa que se impõe a todos nós e partimos "em busca do tempo roubado".

Participantes

Links

Ficha Técnica

Capa: Felipe Franco
Edição: Pedro Janczur
Mailing: Adriana Vasconcellos
Ass. Produção: Bru Almeida
Cortes: Marcelo Stehlick
Texto: Rafael Lauro e Rafael Trindade
Gosta do nosso programa?
Contribua para que ele continue existindo, seja um assinante!

Support the Show.

  continue reading

259 episódios

Todos os episódios

×
 
Loading …

Bem vindo ao Player FM!

O Player FM procura na web por podcasts de alta qualidade para você curtir agora mesmo. É o melhor app de podcast e funciona no Android, iPhone e web. Inscreva-se para sincronizar as assinaturas entre os dispositivos.

 

Guia rápido de referências