show episodes
 
As conversas so como as cerejas. No regresso a casa, vm umas atrs das outras. Sempre inesperadas. O pretexto pode ser um livro, um disco, um jogo de futebol... Encontros sempre diferentes num espao por onde j passaram o Dalai Lama e Caetano Veloso, Xanana e Agustina. Ao fim de seis anos, continuamos a ter encontro marcado, ao fim do dia, com gente que faz a diferena. Pessoal... e Transmissvel, com Carlos Vaz Marques.
 
F
Fundação (FFMS) - Praça da Fundação

1
Fundação (FFMS) - Praça da Fundação

Fundação Francisco Manuel dos Santos com Carlos Vaz Marques

Unsubscribe
Unsubscribe
Mensal
 
Todos os anos, no final de Maio, os livros saem à rua na Feira do Livro de Lisboa, adiada por causa da pandemia. Por isso, a Praça da Fundação reinventou-se online. Oiça os debates com autores e especialistas, moderados pelo jornalista Carlos Vaz Marques, e os programas de rádio especiais da Capa à Contracapa moderados por José Pedro Frazão.
 
É mais que uma entrevista, é menos que um debate. É uma conversa com contraditório em que, no fim, é mesmo a opinião do convidado que interessa. Quase sempre sobre política, às vezes sobre coisas realmente interessantes. Um projeto jornalístico de Daniel Oliveira e João Martins. Imagem gráfica de Vera Tavares e música de Mário Laginha.
 
Loading …
show series
 
Putin empurrou suecos e finlandeses para a NATO. Putin está a fazer mais pela transição verde na Europa do que Greta Thunberg. Sócrates tem uma interpretação muito própria das regras do TIR, o termo de identidade e residência; e atropela a lei como um TIR sem travões. E se Sócrates (ainda ele) vier a beneficiar do acórdão que invalida a utilização …
 
Esta semana fomos até Almada e falamos de Lourenço Marques, de uma viagem de avião, do 1º Mundial, irmãs a bordo, deixar a vela cansada, 30 anos de desporto escolar, desporto completo, da ligação autarquias-escolas-clubes, melhoria das notas, do Daniel Santana que compete com 82 anos, de segurança e de Viana do Castelo, a nossa convidada desta sema…
 
"Neoliberal" não nasceu como insulto, mas como autodenominação, que viria a ser abandonada, numa tentativa de criar uma continuidade com o liberalismo clássico, como se o intervencionismo do Estado tivesse sido um parêntesis na História. O consenso de Washington, que simboliza o poder global neoliberal, tem três elementos centrais: desregular, libe…
 
É nazismo para cá, nazismo para lá… As acusações mútuas, em tempo de guerra, vão todas dar à mesma analogia, num medir de pilinhas nazis. Putin, sem nada para anunciar no tão aguardado discurso de 9 de Maio, inventou uma iminente invasão da Rússia pela Nato para justificar a invasão real da Ucrânia pela Rússia. Ao mesmo tempo, Ursula van der Leyen …
 
Esta semana ficamos por Lisboa e falamos sobre o 25 de Abril, ir até ao Búgio, a Lagoa Rodrigo de Freitas, um Pinguim, o Henrique Anjos (Pai), o Pitéu, o Guruga, o Iate Clube do Rio de Janeiro, do 511, Gente Fina, passeios na Baía da Guanabara, do Frenando Bello, da regata Santos-Rio, do GAP, do Renato Cunha, de ser um "menino do Rio", do Cabo de S…
 
A ameaça do Armagedão ao virar da esquina inibe celebrações ou será, pelo contrário, um incentivo à festa? Na Queima das Fitas do Porto, entre a alegria estudantil e hectolitros de cerveja, a consciência da guerra acicata a necessidade de celebrar a vida. Sem esquecer o preço da gasolina, as queixas do PCP (alvo de críticas por não fazer distinções…
 
Esta semana fomos até ao Dubai e conversamos sobre sustentabilidade, vela offshore, os SB20, excelentes condições para a vela, a PCT, os TP52, GC32, Dragões, o Clube Naval de Cascais, o Sr. Carlos Pantaleão, o Joaquim Silveira, o Rui Brites, os Jogos Olímpicos de Sidney, a GMTS, o Europeu de 6MTS em Cascais, o Hugo Rocha e o Patrick Monteiro de Bar…
 
Putin deu seis metros de distância e depois fez notar ao secretário-geral da ONU que ainda conseguia chegar mais longe: à hora a que Guterres estava em Kiev, uma salva de mísseis completou a guarda de honra. A distância que os ucranianos procuram, fugindo para o extremo ocidental da Europa, não é suficiente para os pôr a salvo de interrogatórios ru…
 
Esta semana fomo até Hamburgo e falamos de sol, frio, cultura náutica, de Kiel, atletas olímpicos, 55 miúdos, treinos diários, de Vilamoura, Palma de Maiorca, da India, da família, da Bea Gago e do Rudolfo Pires, da Carolina João e do Diogo Costa, de mais horas de mar, do Clube de Vela do Barreiro, ter frio, do Àlvaro Marinho e do Miguel Nunes, do …
 
Os brutais efeitos económicos da guerra entre Rússia e Ucrânia podem pôr em perigo as cada vez mais frágeis democracias europeias. E podem determinar o fim da cooperação no combate às alterações climáticas, o que corresponde a condenar o planeta, de qualquer das formas. Chegados a este conflito, a questão difícil é a que conta: como encontrar uma p…
 
No domingo passam dois meses do início da guerra de Putin e os franceses escolhem o futuro presidente com uma amiga de Putin (embora agora o renegue) no boletim de voto. Santos Silva falou mais do que Zelenski, na sessão solene da Assembleia de República, mas o presidente ucraniano aguentou firme o discurso em português. O discurso e os hinos. Resi…
 
Esta semana, fomos até ao Centro de Alto Rendimento do Jamor e falamos sobre seguir a Mafalda, do Pedro Marques, de risco, continuar a aprender, treinar todos os dias, de Tavira, apoios, de nutricionismo, do Gil Conde, de competir, das Flying Sardines, do Francisco Lufinha, de "Paitrocínio", do CVA, de Viana do Castelo, do Adriano Coutinho, dos Jog…
 
Sabem aquele gesto de esfregar a falangeta do indicador no polegar? Talvez ele explique muito do que se passa no mundo. É apenas uma hipótese teórica avançada num programa onde também se fala da guerra, de paz, da solidariedade com os agredidos e de ar condicionado. Tudo na semana em que o governo apresentou o orçamento tardio deste ano trágico. Ta…
 
Esta semana fomos até Cascais e falamos da Mãe, do Pai, do Primo Chico, da falta de tempo, lixo marinho, de piorar todos os dias, da Cascais Sea, da Capitânia de Cascais, de mágoa, sardinhas, carapaus, do Museu do Mar, se ser incómodo, envenenar, falta de visão, crowd funding, do João Lúcio, do Pedro Mendonça, da frase "Não tenho medo do mar, mas n…
 
Parceiro estratégico da Rússia, com quem assinou um acordo há dois meses, celebrando uma nova ordem internacional que desafie a hegemonia dos Estados Unidos, muitos analistas consideram que só a China tem capacidade para travar as aspirações bélicas de Putin. É o elefante na sala. Que papel pode ou quererá desempenhar na resolução da guerra entre R…
 
É provável que este programa não contribua para a paz. Esforça-se, no entanto, por tratar temas tão diversos da pequena política nacional como a) a enésima ameaça do Chega de fazer cair o governo dos Açores; b) a corrida social-democrata à escolha do mais abalizado cargo para uma longa travessia do deserto e c) a onda de denúncias de assédio na Fac…
 
Esta semana fomos até à Madeira e falamos de rir, estar longe do mar, de Juiz de Fora, da piscina no quintal, do Professor Roberto, da Alemanha, do Queen Mary 2, do dia 16 de janeiro, uma vida melhor, de "Madeirense ser que nem praga", das piscinas do Lido, do saudoso Saca, começar a nadar aos 36 anos, do Oceanman, nadar com o filho, amigo não come…
 
Agora que já há governo, voltaram os factos políticos. Ou serão os “factos polîticos”? Parecendo que não as aspas podem fazer a diferença. O criador da figura voltou a surpreender esta semana ao aproveitar o discurso na posse do executivo para tratar de um assunto que era até agora apenas um rumor. Marcelo amarrou Costa aos quatro anos e meio de ma…
 
Esta semana fomos até ao Algarve e falamos do mar, de histórias, da Mar de Histórias, da Praia do Norte, da António Arroio, da Caparica, de surf, vela nocturna, do Bombordo, da RTP, do canal Thalassa, de produção e financiamento, estratégia, do EF Language, da Telma Teixeira da Silva e da Panavideo, do João Cabeçadas, do Spindrift, da Route des Pri…
 
As forças russas estão a reagrupar e a tentar, sem sucesso aparente, substituir as perdas materiais e humanas no terreno. Embora com números muito divergentes e ainda menos precisos, parece ser claro que o número de baixas russas caminha a passos largos para os que a União Soviética sofreu em dez anos no Afeganistão. As dificuldades parecem estar a…
 
Portugal tem pela primeira vez um governo paritário, com tantas mulheres como homens. E tem agora mais tempo vivido em liberdade do que o número de dias da ditadura. Pequenos factos comparados com o horror da guerra, entretanto atolada numa indefinição militar que não afasta, contudo, bem pelo contrário, os receios de uma escalada com resultados tr…
 
Esta semana falamos de censura, de lutar, da mocidade portuguesa, de uma piscina, de um barco feito pelo Pai, de Moçambique, de ser proa, do Juca, do Brasil, do Chef Miguel Lacerda, do Allegro Vivace, da Atlantis Cup, do Duarte Barcelos, da Horta, do Duarte Araújo, de limpezas, de um quarto, das Flores e do Corvo, do Zé Luís Coelho, do Mariposa, do…
 
O Conselho de Estado foi unânime na condenação da invasão russa; a voz que poderia ter destoado faltou à reunião e não custa imaginar o alívio com que Marcelo saudou o facto de aquela cadeira ter ficado vazia. Assim sendo, no photo finish das condenações, o Presidente atribui a Portugal o primeiro lugar. Outro sinal claro de repúdio pela invasão: a…
 
Esta semana, olhamos por trás de uma lente e falamos de engenharia, ser Madeirense, golfinhos, ambiente, do Gilles Martin-Raget, de ensinar, clientes, desafios, garantias, arte, emoção, estar alerta, horas e horas de trabalho, tecnologia, custo do equipamento, da Madeira e dos Açores, e, do Porto Santo, o nosso convidado desta semana è o Ricardo Pi…
 
O impensável aconteceu. Temos uma guerra de larga escala em território europeu, a maior desde o fim da segunda grande guerra entre duas nações independentes, ressuscitando a lógica, linguagem e riscos de escalada da guerra fria. A violência do conflito já levou dois milhões de ucranianos a entrar, como refugiados, nas fronteiras da União Europeia. …
 
O português mais rico do mundo está em apuros. O que poderá o país fazer por ele? É verdade que só é português há um ano e que o processo que lhe deu a nacionalidade portuguesa está sob investigação da Judiciária, mas nem por isso deixa de ser significativo constatar que a vida só começou a correr mal a Roman Abramovich depois de ele se ter tornado…
 
Esta semana fomos até aos Açores, mais precisamente à Terceira, e falamos do Pai, de vela, optimist's, de vela para todos, de um harém, da marinha mercante, da escola náutica, do paquete Funchal, de voltar ao mar, do Angra Iate Clube, de canoagem, de retribuir, dos barbados da Terceira e do sócio, o nosso convidado desta semana é o Miguel Pamplona …
 
Haverá na guerra vitórias morais? Pode um agressor ser aceite depois do crime de subjugar o agredido? Será mais improvável um comediante tornar-se presidente ou um presidente civil ascender à categoria de herói militar? E em caso de devastação apocalíptica, quem ficará cá, além das baratas, para cobrar a aposta perdida por aqueles que garantem ser …
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login