Regina Giannetti público
[search 0]
Mais

Download the App!

show episodes
 
Este é um podcast que entende você, para você entender melhor sua mente e emoções. Para ter uma relação mais leve consigo mesmo, baixando o tom da autocobrança e da autocrítica que ecoam na cabeça. Para que possa encontrar, dentro de você, a paz que está tão difícil de encontrar no mundo. Autoconsciente é um bom lugar para se estar nestes nossos tempos conturbados. Seus episódios retratam situações que todos nós vivemos, com uma abordagem esclarecedora, acolhedora, que reenergiza. Mais do qu ...
 
Loading …
show series
 
A raiva é uma emoção de alta intensidade, difícil de lidar. Tem um potencial destrutivo, mas pode ser canalizada construtivamente, para criar mais equanimidade nas nossas relações. Neste episódio, eu compartilho com você a abordagem da Comunicação Não Violenta, a CNV, para lidar com a raiva construtivamente. === Episódio relacionado: 49 – Dar e rec…
 
Quando a pressão por atingir resultados compromete a nossa saúde mental, sempre poderemos dar um passo atrás - como fez a ginasta americana Simone Biles, que desistiu de participar de provas das Olimpíadas de Tóquio. Este é um episódio para a gente refletir sobre a obsessão por "conseguir", o excesso de positividade e outros aspectos destes tempos …
 
É possível nos compreendermos melhor, nos gostarmos mais, sermos o nosso melhor amigo e protetor. E conforme a nossa conversa interior se torna mais gentil, a autocrítica severa e o autojulgamento impiedoso perdem espaço. Esses são os efeitos da autocompaixão, que nos apóia nos momentos difíceis da vida. Neste episódio, compartilho com você como co…
 
Ela é um gênero de primeira necessidade neste mundo que nos faz tantas cobranças; que nos leva facilmente a uma profunda insatisfação conosco mesmos, a sentimentos de inadequação, de insuficiência, de inferioridade, de falta de valor. E o que fazer com isso? O que fazer quando nos sentimos com medo, por baixo, miseráveis, vulneráveis? É aí que entr…
 
Algo que faz o nosso lado sombra ser complicado de lidar é a existência do mal em nós. Então vamos entender por que temos um lado mau e como sua origem está ligada ao medo. Este é um episódio para lavarmos a alma e conhecermos caminhos para a redenção da nossa sombra. ==== Episódios relacionados: 45. A voz da autocrítica na cabeça == 46. Pacificand…
 
Como reconhecer os conteúdos da nossa sombra é o que vamos explorar neste episódio, para a gente aprofundar o nosso autoconhecimento e começar a entender as razões de situações incômodas de nossa vida. Esse é o necessário trabalho de olhar para dentro, reconhecer as partes de nós relegadas às sombras e trazê-las à luz, para serem redimidas. As reco…
 
Tudo aquilo que rejeitamos, reprimimos, condenamos ou escondemos habita uma dimensão da nossa psique que Carl Jung chamou de sombra. Neste episódio, vamos entender como se forma e atua essa parte de nós. Conteúdos da nossa sombra são causa de muitos dos nossos conflitos, ambiguidades, culpas, dificuldades de relacionamento com os outros e principal…
 
As adversidades que inevitavelmente surgem ao longo da existência estão ainda mais presentes nos tempos atuais. Então, para a gente ampliar a confiança na nossa capacidade de lidar com as adversidades da vida – e também ampliar a confiança na vida –, vamos falar de resiliência. Nós não voltamos a ser os mesmos depois de sair de uma adversidade que …
 
Levar uma vida mais autoconsciente passa pela consciência de como exercemos os nossos diversos papéis sociais. E essa questão ganhou ainda mais importância no contexto pandemia, que impõe limitações ao modo como os exercemos e nos apresentamos ao mundo – a nossa persona, segundo Carl Jung. Então vamos aproveitar esse gancho para explorar mais uma d…
 
Quem somos nós, no centro de tudo o que gravita ao nosso redor: roupas, eletrônicos, livros, utensílios, móveis, sapatos, bens e experiências de consumo das mais diversas? Neste episódio, vamos refletir sobre a nossa relação com as coisas do mundo exterior. Viver com o que é essencial, como propõe o minimalismo, é um caminho para uma vida interior …
 
Ela é declamada em poesias, dissecada por filósofos, levada aos divãs dos psicanalistas. Outros sentimentos podem se fazem passar por ela, mas a legítima angústia é enigmática, é misteriosa. A sua causa se esconde em um lugar muito profundo em nós. E vale a pena visitar esse lugar. Resolver-se com a angústia é resolver-se com o sentido da nossa exi…
 
Se no plano pessoal a dor impulsiona para o crescimento, no plano coletivo não haveria de ser diferente. Compartilho com você algumas reflexões sobre a difícil fase por que estamos passando enquanto humanidade. Podemos ver nisso tudo um sentido que nos dê coragem para enfrentar o que está aí, disposição para agir e esperança de que nada será em vão…
 
“Se não aprendemos por amor, aprendemos pela dor”, diz o ditado. Vamos então refletir sobre o papel da dor na nossa vida. Eu não vejo a dor como um castigo, mas um sinal. Se em vez de negar, lutar contra ou fugir da situação que nos causa dor a gente olhar para essa situação e procurar entender o sinal – e aí tomar uma atitude –, então nós poderemo…
 
Muitas opções para analisar, não querer abrir mão uma coisa para ficar com outra, ansiedade, uma angústia paralisante, dúvidas. Essas são dificuldades comuns quando a gente precisa tomar decisões importantes para a nossa vida. Vamos explorar os motivos por que as temos e o que pode nos ajudar a decidir. ==== Episódios relacionados: 6A e 6B – Experi…
 
Pois é, eles continuam aprontando e tem mais histórias desses furacões para contar. Depois de arrumar encrenca com a vizinhança, o Jonny e a Tequila passam por uma temporada de adestramento, o que nos faz refletir sobre padrões de comportamento – não só de cachorros, mas também de seres humanos. ==== Acompanhe o Autoconsciente no Instagram pelos pe…
 
Na origem de uma atitude de autossabotagem existe algo que estamos querendo evitar. Se é assim, entender por que nos sabotamos nos revela uma crença limitante, um medo, uma insegurança, um apego, uma resistência. Nos revela algo que precisa ser trabalhado para a nossa realização. ==== Acompanhe o Autoconsciente no Instagram pelos perfis @regina.gia…
 
Do que temos saudades? Como nos sentimos e o que fazemos quando esse sentimento aperta? A saudade se apresenta de várias formas, se misturando com outros sentimentos. Pode ser dolorida, apertar a garganta e transbordar em choro. Pode nos fazer fechar os olhos e suspirar. Pode ainda ser carregada de ternura, aquecer o coração com lembranças felizes,…
 
Um dos episódios mais inspiradores do Autoconsciente volta em nova versão, ainda mais bonito, marcando a entrada em 2021 com um texto que convida a contemplar os mistérios da vida. Vamos refletir soobre aquilo que está além da compreensão da nossa mente racional, causal e lógica. Nos lembrar que há fenômenos que estão fora da nossa esfera de influê…
 
É natural que a gente deseje esquecer das provações de 2020. Mas não vamos esquecer das lições de 2020. Não vamos sair deste ano de mãos vazias. Convido você a relembrar algumas reflexões dos episódios de 2020, para fechá-lo olhando para a frente, para o que a gente deseja mudar na nossa vida, enquanto pessoas e enquanto sociedade. Não tem como neg…
 
Neste singular ano de 2020, surgiram para todos nós situações difíceis, no mínimo algo que mudou a nossa rotina – e, em muitos casos, botou a vida de cabeça para baixo. E aí precisamos fazer algo a respeito: nos adaptar, ou fazer mudanças, ou criar soluções, ou buscar alternativas. Este episódio é um convite para você reconhecer o valor dos esforço…
 
Chegando ao final de um ano tão cansativo, ouvintes do Autoconsciente compartiham o que lhes dá forças para seguir em frente. Se as nossas preocupações e problemas são parecidos, o que nos fortalece também pode ser! E, no final deste episódio, vamos fazer um exercício de autocompaixão para nos pacificar em momentos de angústia. ==== Livro “Que Você…
 
A alegria é o estado natural de uma criança. Mas, na vida adulta, a experiência da alegria é bem menos frequente que na infância. Como adultos, temos um senso mais amplo de realidade, responsabilidades, preocupações... Ainda assim, nunca perdemos a capacidade de nos alegrar. A fonte da nossa alegria não é externa, é a nossa criança interior. E para…
 
As feridas emocionais da infância não se curam sozinhas, não se apagam com os anos. Mas sempre é tempo para resgatar a nossa criança interior ferida, aliviar suas dores e dissolver seus medos. Temos em nós essa criança que clama por amor e cuidado, e também o adulto que é capaz de cuidar e proteger. Que pode entender a vida de uma forma mais madura…
 
Vamos mais fundo na questão das experiências emocionais da infância. Porque a influência delas vai muito além da nossa vida afetiva. Se temos inseguranças, se somos muito severos e críticos conosco mesmos, se temos baixa autoconfiança, se nos julgamos insuficientes, se temos culpas, se não nos valorizamos, se somos rígidos, ou explosivos, enfim, os…
 
Vamos refletir sobre a nossa relação com a Natureza. No plano do coletivo, da humanidade, é uma relação ainda dominada pela inconsciência do quanto todas as formas de vida do planeta são interdependentes. Mas é no plano individual, de cada um de nós, que a consciência da interdependência começa. Então precisamos expandi-la e ter ações coerentes par…
 
Loading …

Guia rápido de referências

Google login Twitter login Classic login