Momento Cidade #31: Quem são os agricultores da zona leste?

9:50
 
Compartilhar
 

Manage episode 274063637 series 2470282
Por Jornal da USP descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.

Engana-se quem pensa que a agricultura é feita somente nos grandes campos de plantações no interior do País. A prática agrícola na cidade é uma realidade, fornecendo emprego para cultivadores e alimentos frescos para a sociedade.

Para discutir o impacto da agricultura no meio urbano — e o impacto das cidades nas práticas agrícolas —, o Momento Cidade desta semana entrevistou a pesquisadora Rubia Panegassi dos Santos, autora da dissertação A agricultura e a cidade: os produtores agrícolas da zona leste de São Paulo, orientada pelo professor Diamantino Pereira e defendida na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP.

Um dos objetivos da pesquisa foi discutir o uso dos termos agricultura urbana e periurbana para se referir àquela prática na cidade ou na margem entre o espaço rural e o urbano. Para Rubia, o urbano não é apenas um lugar, e sim, uma lógica. “Independentemente das características espaciais, desde o extremo artificializado pelo ser humano como a cidade ou o outro extremo mais natural, menos artificializado pela sociedade, a lógica urbana se apresenta nesses dois espaços com a finalidade principal de geração de capital”, explica. Por isso, a especialista prefere se referir a esse tipo de prática como “agricultura na cidade”.

Durante o estudo, Rubia conheceu a realidade dos trabalhadores da Associação de Agricultores da Zona Leste da Cidade de São Paulo. E, a partir dessa imersão, ela destaca positivamente a forte presença de mulheres: “Inclusive de forma individual, não precisa estar acompanhada do marido, por exemplo. Esse fato contribui para garantir a autonomia financeira, contribuir com os rendimentos familiares e fortalecer o papel das mulheres nas decisões domésticas”. Além disso, grande parte desses trabalhadores é idosa e conta com a aposentadoria como uma segunda fonte de renda, um fator importante para a continuidade da produção agrícola.

De acordo com Rubia, o incentivo ideal para o crescimento da prática seria um maior apoio do Estado, por meio de políticas públicas de auxílio que seriam fundamentais para estimular a agricultura no espaço urbano.

A dissertação completa pode ser acessada neste link.

Ouça o podcast na íntegra no player acima. Siga no Spotify, no Apple Podcasts ou seu aplicativo de podcast favorito.

Ficha técnica

Reportagem: Giovanna Stael
Produção: Denis Pacheco
Edição: Beatriz Juska e Guilherme Fiorentini

710 episódios