Quantas vezes você morreu? - Episódio 461 – Fabio Flores

4:41
 
Compartilhar
 

Manage episode 283685902 series 2114479
Por Precisava Ouvir Isso and Fabio Flores - Especialista em Inteligência Sócio Emocional descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Olá! Eu sou o Professor Fabio Flores e este é o podcast “Precisava Ouvir Isso”. Hoje eu vim aqui te contar a lenda das três mortes. É uma lenda mexicana que faz a gente se atentar pra importância de construir nossa imortalidade no dia a dia. Essa lenda diz o seguinte... que a gente tem três mortes na Vida. A primeira acontece quando a gente descobre que a morte existe. Quando na nossa infância a gente tem o primeiro contato com a morte. Quase sempre esse contato se dá pela morte dos nossos avós. A criança vive até ali sem imaginar que a vida pode ter um fim. Quando nossa criança entra em contato com a idéia da morte uma parte da gente morre no mesmo dia. A partir daquele momento a gente passa a temer a morte das pessoas próximas dagente. A sombra da morte começa a rondar a nossa vida... A nossa segunda morte acontece quando o nosso coração para de bater. Ela acontece quando o nosso corpo físico para de exibir sinais biologicamente vitais. Neste momento uma parte dagente se despede da vida. E neste momento a nossa existência passa a depender exclusivamente da memória e dos afetos de quem tem alguma razão pra lembrar das nossas histórias. Do que a gente fez ou deixou de fazer. E a nossa terceira e última morte se dá quando a última pessoa esquecer dagente. Esquecer do que a gente fez. Quando a última pessoa que guarda sua memória te esquecer ou até mesmo morrer... ali acontece a sua morte em definitivo. Esta tradição da cultura mexicana traz pra gente uma atenção muito especial pra construção da nossa imortalidade. Traz a missão de cultivar a nossa imortalidade no dia a dia. Traz a missão de deixar sempre em cada despedida uma boa lembrança. A cada vez que a gente conversa com alguém esta pode ser a nossa última conversa. E o que vai ficar de eterno neste encontro? Dê atenção a sua imortalidade... abrace mais, diga mais vezes que ama, peça desculpas, libere perdões, presenteie, faça surpresas, deixe bilhetes com mensagens amorosas... lembre de assinar estes bilhetes. Tudo isso pode se converter na semente da sua imortalidade. Eu sou o professor Fabio Flores e desejo que neste dia você possa construir maravilhosas lembranças nos corações das pessoas que serão guardiãs da sua eternidade. Compartilha esta mensagem com quem você também deseja que seja imortal... Um forte abraço e até... até a sua vitória!

547 episódios