#52 Literatura: direito ao sonho e transformação social (com Bel Santos Mayer)

1:21:15
 
Compartilhar
 

Manage episode 282299073 series 2548577
Por Coemergência | Podcast descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Uma das formas de investigar a maneira pela qual o mundo externo coemerge com os referenciais que levamos a ele é investigar o que fazem aquelas pessoas que estão produzindo outros mundos. Afinal, se o mundo é coemergente, outros mundos são possíveis. Que tipo de visão permite que essas pessoas ajam? Como articulam redes de atuação coletiva para produzir mudanças? Quais resultados elas já obtiveram, que podem nos servir de exemplo e de estímulo? Assim sendo, nossa 52a investigação sobre coemergência tem a imensa alegria de receber a educadora social, coordenadora do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário (IBEAC) e co-gestora da Rede LiteraSampa, Bel Santos Mayer. Um dos eixos de atuação da Bel é a transformação social por meio das bibliotecas comunitárias. Ela falou com a gente sobre como a literatura tem o poder de curar feridas, de viabilizar o exercício da capacidade de sonhar e, por meio disso, de reduzir algumas das desigualdades de raça, gênero e classe ainda tão presentes em nosso país. Exploramos também outras formas de transformação social produzidas em Parelheiros - transformações que, esperamos, possam ser replicadas em outras regiões do Brasil, e façam os olhos brilharem nesses tempos em que somos facilmente acometidos pelo niilismo. É bem provável que, ao final da conversa, você esteja com a sensação de que, mesmo diante de cenários com tantos retrocessos, tem muitas pessoas e muitas comunidades vendo e nutrindo o potencial de operar em rede e gerando exemplos de florescimento coletivo. Essa entrevista, em outras palavras, é um prato cheio para a prática de alegria empática, de apreciação e uma inspiração para a ação compassiva no mundo. Que muitas pessoas se beneficiem por ouvir a Bel! Como sempre, deixamos nosso profundo agradecimento aos generosos seres que seguem nos apoiando por meio da campanha de financiamento coletivo. Caso você sinta que o projeto merece sua contribuição e tenha o desejo de participar dessa corrente, está tudo explicado lá no apoia.se/coemergencia.

60 episódios