Regras do Jogo #101 – Marxismo e o Videogame

2:02:27
 
Compartilhar
 

Manage episode 292824789 series 2334361
Por Holodeck Design descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Neste episódio sobre Marxismo e o Videogame, conversamos sobre o artigo Marxism and the computer game, de Kirkpatrick, Mazierska & Kristensen, que oferece uma análise do videogame através do marxismo e se foca em dois pontos: a ambivalência da tecnologia a partir da dialética da alienação e desalienação histórica; e a perspectiva de Marx sobre a arte para explorar a estética dessa nova mídia. Como conclusão, o artigo sugere que os jogos digitais dão vida ao sonho da arte, mas que o resultado não é a liberdade, mas sim uma perversão do jogo, pois sua facilidade de abertura de espaços imaginários serve para restringir o acesso ao campo da liberdade material. Fica como desafio futuro, negar essa apropriação e recuperar a dimensão emancipadora do jogar. Siga o Holodeck no Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e entre em nosso grupo de Discord do Regras do Jogo. Esse episódio foi gravado ao vivo em nosso canal na Twitch, faça parte também da conversa. Participantes Fernando HenriqueGamer Antifascista Referências KIRKPATRICK, Graeme; MAZIERSKA, Ewa; KRISTENSEN, Lars. Marxism and the computer game. Journal of Gaming & Virtual Worlds, v. 8, n. 2, p. 117-130, 2016. Indicações do Episódio Georg Lukacs – Velha e Nova CulturaLeon Trotsky – Cultura e SocialismoKarl Marx e Friedrich Engels – A ideologia alemãHelen Young – Race and Popular Fantasy Literature: Habits of Whiteness Músicas: Persona 5 – Beneath The Mask lofi chill remixDowntown Binary – 8MB

135 episódios