Regras do Jogo #108 – O problema da empatia nos videogames

1:45:38
 
Compartilhar
 

Manage episode 296889958 series 2334361
Por Holodeck Design descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
Por muito tempo o conceito de diversão era o atributo mais valorizado na indústria de jogos, o que permitiu ataques à jogos que destoavam dessa característica. Entretanto, com as mudanças na indústria cultural e uma expansão do mercado consumidor, incluindo novos públicos, como mulheres, pessoas pretas e LGBTQIA+, a indústria de videogame deslocou parte do seu discurso e, agora, jogos inclusivos e com narrativas pessoais ganharam importância, sobretudo na cena independente, o que resultou no chamado Jogos Empáticos, games que oferecem a chance do jogador sentir a dor do outro e desconstruir preconceitos. Mas será mesmo que estes jogos são capazes de operar tal mudança? Esse é o objetivo principal de jogos feitos por pessoas marginalizadas? Como o discurso da empatia serve à uma política afetiva e prioriza o jogador tradicional ao invés do criador? Por conta destas questões, iremos conversar sobre o problema da empatia nos videogames. Esse episódio se fundamenta no artigo Empathy and Its Alternatives - Deconstructin the rhetoric of empathy in video games, da pesquisadora Bonnie Ruberg, que se propõe à questionar o discurso da empatia, que virou um jargão mercadológico e é reproduzido pelas empresas de jogos, universidades, palestras e mídia, e que defende o poder dos videogames empáticos de "colocarem o jogador na pele de alguém", sendo esse alguém geralmente uma pessoa marginalizada ou LGBTQIA+. Siga o Holodeck no Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e entre em nosso grupo de Discord do Regras do Jogo. Esse episódio foi gravado ao vivo em nosso canal na Twitch, faça parte também da conversa. Participantes Fernando HenriqueGamer Antifascista Referências: RUBERG, Bonnie. Empathy and Its Alternatives: Deconstructing the Rhetoric of “Empathy” in Video Games. Communication, Culture & Critique, v. 13, n. 1, p. 54-71, 2020. Indicações do Episódio Artigo Beatriz Blanco - Limitações da empatia no game design: Uma reflexão sobre as abordagens e críticas aos empathy games na última décadaLivro Franz Kafka - Carta ao paiLivro Italo Calvino - Cidades InvisíveisJogo RimeÁlbum The Cure - DisintegrationÁlbum Legião Urbana - 5Animação Não tenho maturidade para issoFilme Shiva Baby Cupons de Desconto regrasdojogo – 10% Descontos em todas as camisas da Veste Esquerda. Músicas: Persona 5 – Beneath The Mask lofi chill remixA.L.I.S.O.N - Space Echo

143 episódios