#99 - Existe criação animal sustentável? com Julio Cesar Pascale Palhares

55:47
 
Compartilhar
 

Manage episode 331332999 series 2649578
Por Vai Se Food descoberto pelo Player FM e nossa comunidade - Os direitos autorais são de propriedade do editor, não do Player FM, e o áudio é transmitido diretamente de seus servidores. Toque no botão Assinar para acompanhar as atualizações no Player FM, ou copie a feed URL em outros aplicativos de podcast.
"A agropecuária brasileira não é sustentável. Essa afirmação baseia-se em conceitos, fatos e realidade de nosso país e do setor. Como afirmar que a agropecuária brasileira é sustentável se engenheiros agrônomos e agrícolas, zootecnistas e médicos veterinários, sendo os profissionais com a maior responsabilidade em fomentar a sustentabilidade nos territórios rurais, possuem, em sua maioria, apenas uma visão produtivista do empreendimento rural? Desconhecem definições básicas necessárias ao manejo ambiental, como unidade hidrográfica, ciclos biogeoquímicos, métodos de avaliação de impacto ambiental, eficiência no uso de nutrientes, fonte de poluição pontual e difusa, sistemas de armazenamento e tratamento de resíduos etc. Desconhecem as leis ambientais que incidem nas atividades agropecuárias. Não dominam da forma necessária as ciências ambientais, econômicas e sociais. Acreditam que a sustentabilidade pode ser atribuição de um único profissional, quando ela só será atingida se houver a atuação multidisciplinar de vários profissionais."Esse texto não é de um ambientalista nem um ativista ou de um climatologista - esse texto foi escrito por Julio Cesar Pascale Palhares, zootecnista e Diretor de Pecuária da Sociedade Brasileira dos Especialistas em Resíduos das Produções Agropecuária e Agroindustrial e Pesquisador Embrapa Pecuária Sudeste. Tornou-se padrão chamar tudo de sustentável: carne, ovos, leite, sapato, sacola. Mas quando se fala em criação animal, a aplicação do termo é complicada desde o começo da história: o quanto os animais ingerem de calorias e o quanto "devolvem" para os humanos em forma de alimento. O gado leiteiro precisa de cerca de 12kg de ração ou grãos para produzir 1kg de produtos lácteos. Com relação ao gado de corte, são necessários em torno de 6kg de ração ou grãos para produzir 1kg de peso vivo. Vale dizer que 64% do peso vivo do animal corresponde a ossos, sangue e subprodutos (comestíveis e não comestíveis): apenas 36% do peso vivo do gado de corte é carne.(Fontes: CE Delft, Rendimento integral de bovinos após abate por Ivan Luz Ledic, Médico Veterinário e D.Sc. Melhoramento Animal)Para falar sobre a tal sustentabilidade na criação animal, entender o que é crédito de carbono e carbono neutro e não cair mais na lavagem verde de alguns atores da indústria, nosso convidado é Julio Cesar Pascale Palhares.

109 episódios